Você sabe o que é salário emocional e qual a sua importância?

Com o passar do tempo, avanços de tecnologia e mudanças de vida das pessoas, estas passaram a ter outras prioridades. Hoje em dia a proposta de um salário generoso, sem benefícios não é mais tão atrativa quanto uma proposta com um salário mediano, porém, com vários outros benefícios agregados à vaga.

Antigamente, as ofertas de emprego que anunciavam ter um bom salário ao candidato eram extremamente atraentes, pois as prioridades eram outras e a valorização da remuneração era muito alta.  Mal se pensava em pacotes de benefícios, até mesmo o vale transporte, que hoje é comumente oferecido pelas empresas, passou a ser considerado um benefício de natureza não salarial apenas em 1985, ou seja, ainda é algo muito recente. 

O que as empresas têm feito?
o que as empresas tem feito

Empresas têm se desdobrado para desenvolver pacotes de benefícios que agradem aos seus colaboradores, como forma de deixá-los motivados, e esses pacotes de benefícios são chamados de Salário Emocional, que nada mais é do que a valorização do colaborador no ambiente de trabalho. São todos os artifícios utilizados pelas empresas para manter seus funcionários motivados e emocionalmente conectados com a empresa e seus valores.

Essa motivação pode ocorrer de diversas formas, seja da maneira com que o RH seleciona seus candidatos às novas vagas, buscando por diversidade e capacitação, ou como os líderes se comportam envolvendo e engajando seu time para que todos tenham o sentimento de pertencimento. A política de oportunidade de crescimento também pode ser considerada salário emocional, desde que apresentada de forma transparente, sempre observando os critérios de meritocracia e não de favorecimento.

O que mais pode ser considerado salário emocional?
o que mais pode ser considerado salário emocional

Esse benefício não é relacionado apenas às políticas internas da empresa e pode se estender também a pequenos benefícios que tornam a vida do colaborador mais leve, simples e feliz. Toda estratégia utilizada pela empresa como forma de demonstração de cuidado ao colaborador, fazendo com que este se sinta uma pessoa digna e não um número em grandes corporações, é considerada salário emocional.

Ou seja, pode ser desde de auxílio creche, para que seus colaboradores possam trabalhar tranquilamente, sem se preocupar em deixar seus filhos pequenos sozinhos; Gympass, demonstrando a importância dos exercícios físicos para manter uma rotina mais saudável; Descontos em restaurantes exclusivos, para que os almoços sejam mais prazerosos; Clubes de assinaturas diferenciados, para que os colaboradores recebam benefícios em casa e possam compartilhar de momentos felizes com seus familiares.

momentos felizes

Dessa forma, podemos perceber o quanto é importante manter os colaboradores engajados e produtivos, e ainda por cima motivados e emocionalmente estáveis, evitando assim, a infelizmente famosa, síndrome do esgotamento profissional.

Gostou das dicas? Quer saber como aplicar de forma eficiente o salário emocional na sua empresa? Clique aqui e saiba mais.

Teve uma ideia inovadora de sabores de gelato ou dicas que podem facilitar a vida de mais pessoas é só clicar aqui e contar pra gente!

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as novidades da Dio Mio.

Seu e-mail está seguro conosco.